17 de jun de 2017

O que Anne de Green Gables me ensinou pra vida



A netflix está com uma série maravilhosa baseada no livro " Anne de Green Gables". Já faz um tempinho que assisti e assim que terminei a primeira temporada eu me apaixonei de imediato.

A intenção aqui não é fazer uma resenha da série, até porque você encontra isso em vários blogs na internet mesmo. Mas básicamente Anne é uma menina muito inteligente, intensa, dramática e órfã que quando adotada por um casal de irmãos muda completamente a vida deles. 

Além da série, essa semana eu li sobre a teoria do girassol, o que será uma segunda referência de extrema importância a respeito do que irei concluir aqui. O girassol é uma das poucas flores, talvez a única que mesmo em meio ao tempo fechado ela busca a luz  do sol. Não importa o quanto o tempo está "fechado", se há neblina, muitas nuvens, ameaça de alguma chuva. O girassol mesmo em meio a diversas dificuldades estará lá desempenhando o seu papel de buscar a luz.

Está aí mais um exemplo de que a vida é um conjunto de referências que se complementam...

Anne é um girassol, ela vê as melhores oportunidades em uma dificuldade e está disposta a fazer de tudo para que algo dê certo. Aquele foco no resultado inabalável, que poucas pessoas ainda possuem. 

Eu aprendi com Anne, assim como com a teoria do girassol, que apesar de todas as dificuldades há sempre que buscar a luz.  Apesar de todos os pesares e de a vida "ser um perfeito cemitério de esperanças enterradas",   devemos olhar com mais amor, inclusive as dificuldades e através delas procurar ser um girassol. O nosso foco nao será o sombrio, o cinza, o desanimador, mas sim a cor, o calor, a luminescência.

A série e cheia de ensinamentos, rica em detalhes pras nossas vidas. Ah! Como essa menina ruiva de Green Gables tem coisas boas a ensinar. O respeitar ao próximo, o curtir cada momento como se fosse único na vida, o sonhar como fuga para a realidade insana que temos hoje, o passar por cima do orgulho quando isso põe em risco a nossa felicidade.

Ah! Anne, esse último eu levei muito em consideração, como na vida temos orgulho, temos acima de qualquer coisa vaidade. E quanta sabedoria há de ser necessário para buscar a luz em meio a tanto ego inflado, ferido. 

Nem todos pensam o mesmo, há de se respeitar, costumo falar que nós somos seres formados por todas as influências e referências que temos no nosso dia a dia, vai ver o outro só não entende certas atitudes porque possue bagagens diferentes. Cabe apenas respeitar. 

Éh Anne Shirley! Quanta sabedoria em uma menina, quanta coisa você ainda têm pra nós ensinar.  Se o mundo lhe conhecesse não haveria mais guerras. 


A série tem o nome de "Anne With an E" . Espero que gostem e aprendam tanto quanto eu. 




Um comentário:

  1. Uauuuuu amei.Você sempre me cativando com coisas novas por aí. Vou colocar já na minha lista para ver. Ótimo texto.beijos

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, Esse é nosso cantinho interativo. Fique a vontade para deixar seu comentário, saiba que todos serão lidos e respondidos com toda atenção . Lembre-se de ser educado e elegante , esta é a única regra.

Image Map