13 de ago de 2016

Predileções e um travesseiro


Aflição. No dicionário "1. 
estado daquele que está aflito.  2. sentimento de persistente dor física ou moral; ânsia, agonia, angústia".

Sempre acho interessante as definições  de alguns sentimentos no dicionário, geralmente me surpreendo com a capacidade de descrição fria e superficial. Sabemos quando sentimos que vai bem além desses meros adjetivos  e muitas vezes o quão perturbadores são esses que o dicionário insiste em definir com duas ou três frases polidas.   

Para mim, aflição: Sentimento de impotência, modo de sofrer por algo ou alguma coisa que não tenha coragem de mudar, noites em claro, dias irritadiços e um desgaste excessivo de neurônios. 

Ridículo! Porque no fundo todos eles são bem patéticos, a maior parte do que sentimos está ligado à coisas que nós mesmos nos  obrigamos a viver, coisas que temos total possibilidade de mudança mas que não nos permitimos fazê-las. O que me leva a perceber o quanto somos ambíguos ou talvez confusos. Vivemos um discurso de felicidade a qualquer custo mas quando nos deparamos com infelicidades constantes não temos atitudes para soluciona-las e isso por um simples fato; queremos a felicidade fácil, a felicidade que acontece naturalmente sem muito esforço ou necessidade de escolhas, porque escolhas nos faz sofrer, escolher é abrir mão de certas coisas ou situações, é apontar predileções quando na verdade não estamos preparados para tamanha façanha. Resultado de tanta indecisão? Algum tempo de aflições noturnas, que é quando temos mais tempo pra pensar, e o travesseiro que o diga. Se ele pudesse falar, talvez contasse o que se passa nas nossas mentes "borbulhantes" de dúvidas. 







Um comentário:

Obrigada pela visita, Esse é nosso cantinho interativo. Fique a vontade para deixar seu comentário, saiba que todos serão lidos e respondidos com toda atenção . Lembre-se de ser educado e elegante , esta é a única regra.

Image Map