12 de jul de 2016

Assuntos triviais


No ônibus voltando do trabalho ontem, cansada, rabugenta pelos compromisso diários  e diversas outras preocupações e obrigações fechei os olhos e por um momento queria que todos ali se calassem, precisava não ouvir a voz de mais ninguém. No meio do trajeto entrou um rapaz que também voltava do trabalhado, sorridente, evidentemente com todos os problemas que eu tenho e talvez até mais um pouco, porém sorridente, simpático e conversador. Ao invés de me aborrecer pois eu desejava soberanamente o silêncio fiquei a observá-lo, tão feliz, com tão pouco, conversava sobre assuntos banais algo que deixei de fazer faz tempo... "Não tenho tempo pra conversar besteira e puxar assunto triviais" assim falo sempre, mas por um momento ele me pareceu mais feliz, sem ter medo dos julgamentos de quem o ouvia, do que a pessoa com qual ele conversava iria achar sobre o que ele comprou de manhã na padaria ou sobre o amigo que fabrica triciclos na garagem de casa.  Um percurso tão curto e cheios de aprendizados enquanto ele trocava experiência com um desconhecido ao lado. 

 Conclui que as vezes me falta essa leveza e esse papo despreocupado, sorriso solto e o que antes eu culpava a idade acho que no fundo vai bem além disso, não sei, estou tentando entender ainda, só constatei que me falta algo pra ser assim, leve e sem me incomodar com as conversas paralelas mesmo quando o que eu mais queria era só o silêncio e olhar pela janela lá fora.  


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, Esse é nosso cantinho interativo. Fique a vontade para deixar seu comentário, saiba que todos serão lidos e respondidos com toda atenção . Lembre-se de ser educado e elegante , esta é a única regra.

Image Map