4 de mai de 2016

Resenha: Ridículas cartas de amor



Título : Rídiculas cartas de amor  
Autor: Vários autores, Organizado por Márcia Dantas
Editora: Darda editora
Gênero: Contos
Compre Aqui


Sinopse 


" Todas as cartas de amor são ridículas" Alvaro de Campos.
Cartas de amor são escritas por todos os apaixonados ao longo do tempo. Sua natureza romântica é muitas vezes considerada cafona, extravagante e risível. Porém enquanto houver o amor, elas continuarão a serem escritas. Afinal, ridículos são aqueles que não amam. Os talentosos autores da coletânea refletem sobre o lado paradoxal e insensato dos sentimentos profundos da alma, e demonstram, através de uma abordagem inovadora e envolvente, os tão conhecidos contos de fadas. "Ridículas cartas de amor" é uma seleção singular de histórias irreverentes, que tiram o cotidiano do lugar-comum e surpreende, Como o amor. 




Resenha 


Recebi o livro através de um Book Tour realizado por uma das autoras dos diversos contos que tem nesse livro, a Nina Spim. De ante mão quero dizer que foi minha segunda experiência com book tour e eu amei mais ainda. 

O livro é uma coletânea de diversos contos de amor, diga-se de passagem cada um mais surpreendente do que o outro, sendo a cada conto um autor diferente de lugares mais variados desse Brasil. É de fácil leitura e você consegue terminá-lo em único dia, mas não é por ser fácil e doce, que deixa de ser algo inovador a cada página e que muda conceitos, nele você descobre as diversas facetas desse sentimento maravilhoso que é amar, desde aquele amor doentio, extravagante ao amor  tranquilo "com sabor de fruta mordida" que Cazuza tanto falou. 


"O amor doloroso, difícil, devastador, que mudaria a sua vida. Ninguém lembra de um amor simples, recíproco saudável e tão importante quanto. Só porque ninguém escreve músicas sobre ele, não quer dizer que ele não é real. Que não pode ser duradouro, que não pode mudar sua vida também"
Lenon Fernandes



Confesso que "Ridículas cartas de amor" me surpreendeu com diversos tipos de amores, com turbilhões de sentimentos que eu não sentia faz tempo. As vezes parece que nós enferrujamos um pouco, parece que quando vai chegando a idade essa façanha de amar está cada vez mais distante, sentimos falta do frio na barriga e das emoções que é viver uma história de amor como de um adolescente, nem sempre reciproca, mas de fato esse livro me fez voltar nesse tempo, a cada personagem e a cada afliçãozinha de amor eu me sentia mais viva e ao final a vontade mesmo era a de escrever a minha própria carta de amor e acrescentar ao livro, queria de certa maneira fazer parte de todas essas histórias. 

Sobre o conto da Nina Spim , (darei mais enfase ao mesmo visto que recebi o livro através dela) foi sobre aquele amor que dói, aquele que temos que deixar ir embora porque não teve outra opção e que nos deixa apenas as lembranças, boas , mas doloridas, confesso que esse é o tipo de amor que mais faz sofrer, aquele sonhado e não vivido, sinto muito dizer, mas estes são aqueles que vem para te balançar, derrubar mas depois vai embora, sem nenhuma gota de esperança de um dia voltar. Eu que "amo cronicamente" como já dizia Martha Medeiros, viverei eternamente sendo vitima desses amores forasteiros.



"...a vida traz as pessoas com algum intuito. Seja para darmos com a cara no chão, seja para acumularmos tristeza, seja para encontrarmos uma saída para a felicidade. 
Engraçado como você se tornou essas três possibilidades em uma só."
Nina Spim



Um livro agridoce, cheio de surpresas e que depois da leitura te transformará  em outra pessoa. E pra finalizar deixo aqui um trechinho de uma música que de fato se encaixa perfeitamente nesse livro " consideramos justas todas as formas de amor " 




Avaliação:      




2 comentários:

  1. Você como sempre arrasando nas suas resenhas. Amei de mais e fiquei muito interessada nesse livro. Nao sou muito romantica mas adoro historias de amor, acho que todas são válidas. Parabéns aos autores.

    ResponderExcluir
  2. Oi lindona!
    Gostei muito do espaço e da resenha também!

    Beijão,

    Isa | http://isabellalessa.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, Esse é nosso cantinho interativo. Fique a vontade para deixar seu comentário, saiba que todos serão lidos e respondidos com toda atenção . Lembre-se de ser educado e elegante , esta é a única regra.

Image Map