25 de jan de 2016

Resenha: Comer, Rezar, Amar



Título : Comer, Rezar, Amar 
Autora: Elizabeth Gilbert  
Editora: Objetiva
Gênero: Biografia e memórias
Páginas: 342
Compre Aqui


Sinopse 


O prazer mundano, a devoção religiosa e os verdadeiros desejos.

Elizabeth Gilbert estava com quase trinta anos e tinha tudo o que qualquer mulher poderia querer: um marido apaixonado, uma casa espaçosa que acabara de comprar, o projeto de ter filhos e uma carreira de sucesso. Mas em vez de sentir-se feliz e realizada, sentia-se confusa, triste e em pânico.  Enfrentou um divórcio, uma depressão debilitante e outro amor fracassado. Até que decidiu tomar uma decisão radical: livrou-se de todos os bens materiais, demitiu-se do emprego, e partiu para uma viagem de um ano pelo mundo – sozinha. 'Comer, Rezar, Amar' é a envolvente crônica desse ano.


Autora 


Elizabeth Gilbert nasceu em Waterbury, Connecticut, e vive atualmente no pequeno distrito de Frenchtown, em Nova Jersey. É escritora premiada de ficção e não ficção, e ficou conhecida mundialmente pelos livros de memórias Comer, rezar, amar e Comprometida, publicados em mais de trinta idiomas. É também autora de um livro de não ficção, O último homem americano, da coletânea de contos Peregrinos, finalista do prêmio PEN/Hemingway, e dos romances Sobre homens e lagostas e A assinatura de todas as coisas. Em 2008, a revista Time a apontou como uma das cem pessoas mais influentes do mundo.





 Resenha


Esse ano um dos meus livros preferidos completa seis anos de existência. Não poderia ser diferente e eu resolvi trazer a resenha dele aqui para o blog. Já fazia muito tempo que havia lido e me apaixonado mas não tive a oportunidade de escrever por aqui, então comecei janeiro desse ano relendo, relembrando e me apaixonando mais ainda. 

Comer, rezar, amar é o relato da autora Elizabeth Gilbert de como ela superou seu divórcio conturbado e passou a pensar mais em si mesmo. Nele ela conta experiências inesquecíveis em três viagens que resolveu fazer assim que seu casamento chegou ao fim. 

Itália, Índia e Indonésia são os destinos escolhidos para aproveitar os prazeres mundanos mas também para se aproximar mais de Deus, da sua espiritualidade e de seu interior.


O livro é divido em três partes, um para cada pais que ela visitou, a primeira parte é sobre o tempo que ela passou na Itália e se entregou completamente a um prazer tão comum, mas pouco aproveitar por ela, o prazer de comer. Comer sem culpa, sem se preocupar se amanhã entrará naquele jeans amado. Experimentar sabores diferentes, culturas diferentes e conhecendo pessoas maravilhosas. Assim se inciar essa jornada maravilhosa de Comer, Rezar e Amar. 

A segunda parte se passa na Índia, Elizabeth aqui tenta se interiorizar,completamente o oposto do que se passou na Itália que era se jogar e sentir prazeres, aqui ela aprende a meditar, e ser alguém melhor, livre de pecados e necessidade comuns. Para mim, sem dúvidas  foi a parte mais importante no livro, a busca por um Deus, o seu significado, a sua presença, a busca  por autoconhecimento. Apesar de eu ser ateia me interesso muito por leituras que falem dessa interiorização e essa busca ao ser divino, não me interesso só para estudo, mas também para entender um pouco mais sobre as crenças. Muito válida independente de religião essa parte do livro .

A terceira e não menos importante se passa na Indonésia, ali seria finalizado a sua rota de viagens e a busca por equilíbrio, mas por mais clichê que possa parecer, em seu último destino ela redescobre o amor .



“Imagine que o universo é uma imensa máquina giratória. Você quer ficar perto do centro da máquina – bem no eixo da roda-, e não nas extremidades, onde os giros são mais violentos, onde você pode se assustar e enlouquecer. O eixo da calma fica no seu coração. É aí que Deus reside dentro de você. Então, pare de procurar respostas no mundo. Simplesmente retorne sempre ao centro, e sempre vai encontrar a paz.”


" Talvez eu não esteja conseguindo transmitir o quanto isso tudo é engraçado. É verdade, tentar entender tudo isso é uma diversão estranha e saborosa. Ou talvez eu esteja apenas gostando muito dessa fase surreal da minha vida, porque estou me apaixonando, e isso sempre faz o mundo parecer delicioso, por mais insana que seja a sua realidade. " Pág.. 319




A busca por um recomeço é exatamente o que marca esse livro, a coragem por mudanças. Parece estranho para alguns, mas as pessoas se acomodam em uma relação pelo simples fato de não ter a coragem por mudanças mais radicais. As vezes abrir mão de alguns bens materiais, de um casamento falido te trará coisas muito mais generosas e te garantirá mais felicidade. Uma coisa que costumo dizer sempre, se queremos mesmo mudanças, antes nós temos que ser a mudança, se você agir igual, tudo sempre será igual. Acompanhar a história dela é entender que por muitas vezes esquecemos de quem realmente somos, os problemas, a rotina, o fato de viver para agradar o próximo, isso tudo apaga aos poucos nossos sonhos e desejos, ler Comer, Rezar, Amar é aprender a se olhar, se interiorizar e pensar um pouco mais em si mesmo. Indico esse livro para todos que ainda não tem essa coragem por mudanças, mas que sonham com ela, que se deitam todos os dias não querendo estar aonde está. Se você é esse tipo de pessoa, sem dúvidas esse livro mudará sua vida.  

Ah ! Antes que eu me esqueça o livro já virou filme e esse é o trailer, mas como sempre digo, não deixe de ler, é muito melhor quando a gente sente mais de próximo tudo que a autora sentiu, por melhor que seja o filme, o livro de aproxima mais da história. 








Avaliação:   






3 comentários:

  1. Olha, não é que você me animou com sua resenha, fiquei curiosa com a parte de apaixonar-se, e esse recomeço tão esperado. Quero ver o filme, acho que vou gostar.

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha, fiquei muito interessada em ler o livro e também de assistir, o filme, beijos!
    http://garotadelicada20.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Faz muito tempo quando escutei a falar desse livro, nunca assiti o filme mas me animou também a assisti-lo!


    Abração!

    Isabella | http://isabellalessa.com

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, Esse é nosso cantinho interativo. Fique a vontade para deixar seu comentário, saiba que todos serão lidos e respondidos com toda atenção . Lembre-se de ser educado e elegante , esta é a única regra.

Image Map