31 de jan de 2016

Abraço de afogado


Uma amiga esses dias me disse que chegou à conclusão de que eu sou a pessoa mais otimista que ela já conheceu. Fato esse que não me surpreendeu muito, porque certamente sou essa pessoa, e talvez de todas as pessoas mais otimista que você conhece, eu esteja em um nível um pouco elevado nesse assunto, porque a pessoa aqui às vezes exagera. 

Mas mesmo sem precisar de justificativas, eu consigo ter muitas para explicar o motivo de tanta positividade, mas uma das mais importante e provavelmente a crucial é o fato de que se eu não esperar o melhor para mim quem mais vai esperar ? 

Generalizando um pouco, o mundo é dividido entre dois tipos de pessoas, as primeira, quiça a minoria são assim como eu. As outras são contrárias e como uma amigo mesmo definiu essa semana " os afogados " . Calma, explicarei porque essa definição.

Quando uma pessoa está se afogando, no sentido literal mesmo, elas ficam nervosas, agitadas de mais e por vezes costumam afogar até mesmo quem está próximo ou quem está ali pra ajudar, salvá-los . O desespero é tanto e a certeza de que vai morrer maior ainda que os afogados abraçam sua única chance de se erguer e afogam-a junto com eles mesmos.  
Percebe nessa metáfora o pessimismo?  Pessoas pessimistas são as chamadas "abraços de afogados" pessoas que fazem questão de afundar não só a si mesmo, mas até aqueles que se aproximam tentando ajudar de uma certa maneira. 

De fato é difícil viver em um mundo dominado por "afogados" é difícil mais ainda quando nós somos esses afogados.  Então meu conselho, vamos exercitar a positividade, vamos parar de reclamar e quando algum pensamento negativo chegar de mansinho, chute nele e dê boas vindas aos positivos, assim mesmo, os substituindo descaradamente.

Exercite ao anoitecer se perguntando em que seu dia foi especial, qual detalhe fez com que ele fosse melhor, isso não precisa está ligado a grandes conquista, podem ser coisas simples, como um filme bacana, uma música boa no rádio. Se eu não me engano Martha Medeiros já falou sobre isso em "Antes do dia partir" , indico a leitura e a autora também, vocês sabem que tenho um fraco por ela e pela sua maneira de ver o mundo. 

Então minha grande amiga, a vida é assim,  mesmo em um dia ruim pode haver algo positivo, o segredo é olhar os detalhes e ao invés de dar muita importância pro que acontece de negativo, comece a dar mais ênfase no que for bom.   

Talvez essa seja a receita da minha exagerada positividade. 

Um comentário:

  1. Esse post é pra refletir mesmo, eu era uma "afogada", mas estou exercitando o otimismo e eu vi que muita coisa melhorou e isso é só o começo, adorei demais mesmo o teu post

    http://pinkisnotrose.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita, Esse é nosso cantinho interativo. Fique a vontade para deixar seu comentário, saiba que todos serão lidos e respondidos com toda atenção . Lembre-se de ser educado e elegante , esta é a única regra.

Image Map