1 de dez de 2015

Aprendendo meditação

Já tem um tempo em que venho querendo aprender alguma coisa diferente, então tive a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a meditação e a Yoga,  mas o post de hoje é sobre meditação e a yoga vai ficar pra um próximo.

Muitas pessoas perguntam o porque de fazer meditação, na verdade quando iniciei a semana passada eu fazia a mesma pergunta, não sabia o que esperar, o que pensar, só sabia que a pratica trazia muita tranquilidade e mais foco nas atividades quando necessário. No meu caso tive nos primeiros dias o auxilio de uma amiga muito atenciosa, mas ela me ensinou também como dar meus passos sozinha e é isso que quero trazer para vocês. Como aprender e praticar meditação em casa e obter resultados significativos.

Meditar tem diversos benefícios, além de te proporcionar tranquilidade, clareza e paz interior a pratica também provoca uma ligação maior consigo mesmo, além de "esvaziar" sua mente, permitindo controlá-la com mais facilidade. Você é aquele tipo de pessoa que não para de pensar no trabalho ou nos problemas? Essa prática vai te ensinar a ser dono de seus pensamentos e apagar quando não for necessário qualquer preocupação de sua mente. É garantia de saúde mental e física. 




O ambiente: 


Antes de mais nada, você precisa de um lugar bem calmo, com menos barulho possível, mínima chance também de ser interrompida. Converse e peça para que não seja incomodada nesse momento. No ambiente existem algumas coisas que você pode fazer para melhorar as chances de concentração, como por exemplo acender uma vela aromatizada ou um incenso, para quem pretende fazer isso sempre, o ideal é criar um ambiente único, com flores, esteira, um local tranquilo unicamente para isso, mas você pode fazer isso com o tempo, comece apenas em um lugar calmo. Uma dica bacana também é selecionar algumas músicas que acalme, próprias para meditação. Deixou aqui uma playlist que pode ajudar. Atenção, evite ao máximo no início ambiente externo, eles tiram com mais facilidade a nossa concentração.  Playlist: clique aqui.


 Você:

Você precisa estar disposto a aprender, a tirar um tempo de no minimo vinte minutos três vezes na semana para se dedicar a meditação. Eu particularmente estou fazendo todos os dias. Tem que ter por mente de que está fazendo isso por você e que não pode negar a si mesmo vinte minutos de um dia que tem vinte quatro horas, correto?  É importante que esteja com uma roupa confortável, sem nada que aperte e nenhum metal no corpo.

Sente-se com a coluna ereta, peito aberto e com as pernas cruzadas em posição de lótus. Evite apoiar as costas e também evite almofadas, uma esteira seria o ideal. Mas nem por isso você deve ficar desconfortável, tente achar uma posição que não atrapalhe sua concentração.


 Primeiros momentos

Após acertar sua posição e o ambiente é hora de preparar sua mente, sinta a música, o ambiente, alongue seus braços, repouse sua mão e respire, observe sua respiração. Inspira pelo nariz imaginando que está recebendo boas energias e expire pela boca imaginando que está expelindo tudo que te preocupa, incomoda. Tente por alguns segundos prestar atenção  apenas na sua respiração. Não será fácil pois sua mente a todo momento tentará te boicotar e aparecerá pensamentos. Mas não se importe, deixe que esses pensamentos fluam e quando tomar consciência deles tente voltar sua atenção para respiração e afastá-los.


 A meditação:

Em um momento posterior, tente concentrar sua mente em algo externo, por exemplo a música, afaste os pensamentos conhecidos e ouça a música, concentre-se na música ou qualquer outro ponto externo. Novamente será interrompido por pensamentos, mas isso ocorrerá com frequência durante a prática, o importante é você afastá-los quando tiver consciência.


 A perfeição

A meditação perfeita é exatamente quando há ausência total desses pensamentos inoportunos, pelo tempo que você determinar, é experimentar um vazio total ao ponto de não ouvir, sentir ou pensar em nada. Essa fase da meditação só é alcançada com muita prática, mas nas primeira semanas você já consegue perceber relapsos rápidos disso acontecer, com o tempo esses relapsos aumentam e você terá cada vez mais experiência com essa sensação.  Algumas pessoas religiosas fazem sua meditação buscando concentração em suas crenças, em seus deuses, por isso o termo "vazio divino". É uma voa dica se for o seu caso, mas eu procuro não descrever assim.


 Variações

Algumas pessoas além de fazer meditação concentrada que é essa que expliquei acima, concentrando-se em algo externo, também usam de outras técnicas, como a repetição de mantras, que no caso é o pensamento em algum sentimento positivo, a repetição dele até que você traga esse sentimento para você, ou a meditação de visualização que é a mais utilizada por professores, a capacidade de você se imaginar e se visualizar em um outro ambiente. Escolha umas dessas para se adaptar na sua iniciação antes de chegar a "perfeição".



Aqui está algumas vídeo aulas caso você sinta alguma dificuldade, quero muito saber o que vocês acharam desse post, esse assunto e se vão praticar em casa ou se já praticam me fale um pouco de sua experiência. Quero deixar claro que também sou aprendiz e tudo que está aqui é fruto de muita pesquisa e orientação com uma pessoa que tem experiência, deixo claro também que a meditação é um fruto extremamente pessoal e muitas vezes as pessoas evoluem mais do que imaginam em apenas uma semana, ou não. Um grande beijo e até .

   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, Esse é nosso cantinho interativo. Fique a vontade para deixar seu comentário, saiba que todos serão lidos e respondidos com toda atenção . Lembre-se de ser educado e elegante , esta é a única regra.

Image Map