10 de abr de 2015

Bastar-se

Nunca fui o tipo de pessoa dependente de outra, sempre na minha vida tentei me bastar, não gosto de depender das pessoas, não gosto de depender do outro, essa com certeza é a parte que minha mãe mais odeia em mim. Alguns dizem que tenho um escudo, não discordo , afinal quem nessa vida não precisa de um para se proteger e se preservar ? 



Vou confessar que cada vez mais tenho sentido a necessidade de ter esse apetrecho, as pessoas estão se preocupando cada vez mais com suas próprias vidas e menos com a do próximo. Então porque devo esperar algo do outro ?  Porque devo depender de alguém para que minha vida tenha um rumo ou sentido ?  

Bastar-se. Essa é a palavra . Aquele que consegue bastar-se está sujeito a uma taxa consideravelmente menor de desilusões de sofrimento e decepções . Aquele que consegue bastar-se tem força para encarar qualquer situação, mesmo que esteja sozinho, mesmo que não tenha ninguém para pedir opinião ou um conselho porque sempre encontrara essa força dentro de si, porque é seu próprio terapeuta, conselheiro e tem uma garra descomunal.  Não estou dizendo aqui que não dependo de ninguém mas afirmo que essa é uma situação bastante rara na minha vida e pretendo que continue sendo, porque Bastar-se é maravilhoso .


Postado por : Daiana de Azevedo de Paulo


Categoria: Textos

4 comentários:

  1. Concordo plenamente. Antigamente eu deixei de fazer coisas porque me deixava depender dos outros, agora? se eu quero algo vou la e faço, ficar esperando por alguem para fazer junto contigo, te ajudar, não adianta.

    www.garotadosuburbio.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Susany a mais pura das verdade, a gente tem que aprender a ser feliz por sí só. Eu estou aprendendo e meu primeiro passo foi o dia que fui ver Malévola no cinema e ninguém quis ir comigo e eu fui sozinha, olha foi uma experiencia unica .

      Excluir
  2. Nossa falou tudo... o escudo é necessário pra viver bem no mundo egoísta atual.
    como dizia o sábio Renato Russo...

    Estou tentando me defender
    Digam o que disserem
    O mal do século é a solidão
    Cada um de nós imerso em sua própria
    arrogância
    Esperando por um pouco de afeição...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Citou o maravilhoso Renato Russo e me deixou sem comentários . Concordo em genero, numero e grau . Sempre .

      Excluir

Obrigada pela visita, Esse é nosso cantinho interativo. Fique a vontade para deixar seu comentário, saiba que todos serão lidos e respondidos com toda atenção . Lembre-se de ser educado e elegante , esta é a única regra.

Image Map