21 de jun de 2012

Como escolher um vinho .

Boa noite meninas, hoje é quarta-feira e o inverno está começando aqui no interior do Rio de janeiro.
Muito útil nesse friozinho é saber escolher um bom vinho  para aquecer e romantizar nossas noites.

Tenho certeza que depois desse post vocês vão arrasar na escolha e surpreender quando o assunto for esse.

Então vamos ás dicas:

1°. O rótulo das garrafas escondem informações preciosas sobre a qualidade da bebida, basta saber decifra-los para descobrir :
 
* Safra :  É o ano da colheita da uva . Quanto mais velho, melhor, certo????? Não!!! o que conta é a qualidade da safra , que varia de acordo  com as chuvas e a temperatura do ano em questão. Cheque na internet a nota que ela recebeu:  digite no Google " tabela safra uva + o nome e o ano do vinho ";

* Nome do produtor : é a vinícula onde o vinho foi fabricado. Quando gostar de um, guarde  o nome do produtor para investir em outros vinhos fabricados por ele. No Brasil, a vinícula mais famosa é a Casa Valduga; no Chile , A Concha y Toro; no uruguai , a Pisano;



* Classificação : Complemento ao nome que mostra se o vinho é especial em relação aos outros feitos pelo mesmo produtor e na mesma região . na França , os melhores são, marcados como " Grand cru "e " Premier Grand Cru ". Na América Latina, " Reserva " e " Gran Reserva ";

* Casta -: É o tipo de uva utilizada na fabricação do vinho. Há uma casta típica de cada país. Você  sempre vai acertar se comprar um malbec argentino, um cabernet sauvignon chileno ou um sangiovese italiano. No Brasil, as uvas são melhores para fazer espumantes;

* País de origem : sozinha , a informação não diz nada. todo país tem produtos de diferentes qualidades. dizer que " vinhos chilenos são excelentes " só mostra desconhecimento. O país de origem vale apenas para comparar com a casta e saber se as uvas são tradicionais do lugar.

2.° Seis passos para saber se acertou na escolha :


















* Verifique a Temperatura  - Brancos e espumantes devem ser servido gelados. O tinto á temperatura ambiente ou um pouco frio, muito gelado fica amargo;

* Pares ideais -  A regra básica é : vinho tintos combinam com carne vermelhas; vinhos brancos com peixes; espumantes com entradas e aperitivos;

* Analise a rolha  - Quando o garçom entrega-la, observe-a e cheire-a. Se tiver biquê (odor ) de mofo ou vinagre, devolva. ponta seca  e dura é sinal de que o vinho não foi guardado do jeito correto. O ideal é que esteja levemente úmida;


* Gira Gira  - Assim que o vinho for servido, gire a taça levemente para liberar seus aromas . Depois cheire-o bem. pode colocar o nariz na taça que não é feio;

* Hora de Provar - Se não conseguir notar o sabor de frutas secas com toque de chocolate que o sommelie prometeu, limpe a boca tomando um gole de água e prove-o novamente.

Para falar de vinho é preciso conhecer esses termos :




Buquê : Mistura de aromas do vinho.
Não use as palavras  cheiro, odor ou perfume;

Cica : sensação de " boca amarga " sentida quando o ph do vinho é baixo
( a mesma se quando comemos  frutas verdes );

Decanter : Jarro de vidro largo na base e fino na boca que serve para arejar o vinho
e deixar seu buquê menos concentrado.
Ele também faz a  parte sólida  de vinhos velhos decantar no fundo;

Lágrima :  é quando a bebida da escorre pela superfície interna da taça.
Quanto mais ela " chora " mais alcoólica é;

Tanino - extrato de casca de uva encontrado nos vinhos tintos.
É ele que dá a sensação de cica na boca;

Sommelier - è o especialista em vinhos que normalmente
trabalha em um restaurante  ou em uma loja.
Cuida da compra do armazenamento e da  indicação
das melhores garrafas ao clientes.




4° Informações úteis:

Pegue sempre a taça pela base. O contato com o calor da mão altera o sabor do vinho.


Tamanho das taças:
 
Espumante - Prossecco e champanhe vão em taças altas e bem finas que ajudam a espuma a crescer;
  
Tinto - Taças maiores e com abertura grande levam a bebida ate o céu da boca, reforçando o sabor;



Branco e rosé -A taça ideal é arredondada e com abertura média, para preservar o vinho  bem gelado;

Vinhos de sobremesa - o cálice pequeno faz com que o gosto adocicado do vinho fique concentrado na ponta da língua.




Fonte : Edição n° 57  da revista Gloss a matéria " A taça é sua " de Sasha yakovleva



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita, Esse é nosso cantinho interativo. Fique a vontade para deixar seu comentário, saiba que todos serão lidos e respondidos com toda atenção . Lembre-se de ser educado e elegante , esta é a única regra.

Image Map