17 de fev de 2017

Minha tattoo nova .. Resiliência

Resiliência .... 

"É a combinação de fatores que propiciam ao ser humano condições para enfrentar e superar problemas e  adversidades sem entrar em surto psicológico." 

...

" É a capacidade de se recuperar em situações de crise e aprender com ela. É ter a mente flexível e o pensamento otimista, com metas claras e a certeza de que tudo passa."

...

" É ir a guerra e voltar, sentar com seus demônios numa mesa de bar e... conversar, é apanhar de todo o lado e levantar, é ter espírito boxeador, dar gancho de direita nas dificuldades e nocautear a própria dor... É ter uma alma-d'água que se adapta ao co(r)po em que estiver, da melhor forma que puder."




Você pode passar a vida reclamando do que não tem, ou do que perdeu. Pode passar a vida achando que cada esforço seu foi muito e que está esgotada.  Pode passar a vida querendo as conquistas dos outros e achando que os mesmos não são merecedores de tal. Pode  passar a vida lamentando tudo o que não teve, tudo o que se foi ... Ou não ...  você pode fazer diferente, pode passar a vida tentando ser a melhor versão de todas essas coisas... 

Pode ser incansável na busca pelo que tanto deseja. Pode educar sua mente para que entenda que tudo que você  perdeu era dispensável. Pode ser R.E.S.I.L.I.E.N.T.E e se levantar de cada tropeço, passando as mãos nos joelhos para tirar a poeira e seguir com a cabeça erguida, coragem e força de vontade renovada. Pode passar a vida acreditando que você é capaz sim mesmo que isso lhe cobre mais energia.

                                                                                ...



"Dificuldades preparam pessoas comuns para destinos extraordinários. "  C.S. Lewis

...


Gastamos energia desnecessária todos os dias, com brigas inúteis, lágrimas inúteis, rancor e mágoas que não vão te levar a nada, apenas te cansar um pouco mais, então porque não direcionar essa mesma vitalidade para realizar as suas vontades? Para enfrentar as dificuldades? É mais cansativo sair do sofá e ir pra rua de cabeça erguida? Não vou te enganar não, é sim, mas não tem ideia do quando se sentirá forte e sobrevivente depois que você olhar pra trás e ver que viveu da melhor forma possível qualquer situação difícil, você se sentirá imbatível, viva, inatingível, porque afinal as piores das situações não te derrubou, não te fez se esconder no quarto e desistir de viver.

E depois de um tempo, vai entender que o melhor mesmo nessa vida e continuar vivendo e tentando, fazendo o seu melhor dentro das condições que lhe são apresentadas. Mesmo que no final você venha a não conseguir (o que acho improvável), você vai poder encher seu peito de orgulho e dizer que fez de tudo que estava ao seu alcance e até o que não estava. Vai poder falar em voz alta que você não esperou cair do céu o seu milagre e nem que esperou sentado a melhor oportunidade.  Afinal é muito melhor ouvir histórias de quem tentou e não conseguiu, elas têm algo a ensinar mesmo que seja com erros, do que ouvir histórias de quem se entregou fracamente as condições desfavoráveis.

E simmmm...  essa é minha Nova tatto, a primeira que realmente carrega um significado e que estará aqui sempre que eu precisar, para lembrar-me a imensidão da minha força que eu nem imaginava que existia.


"A força não provém da capacidade física. Vem de vontade indomável. " - Mahatma Gandhi



9 de jan de 2017

Resenha: Alice em silêncio

alice em silêncio jefferson sarmento



Título : Alice em silêncio
Autor: Jefferson Sarmento 
Editora: Scortecci Editora   
Gênero: Ficção
Páginas: 215
Compre: Aqui


Autor

Jefferson Sarmeto, é autor dos livros Velhos segredos de morte e pecados sem perdão e Os ratos no quarto ao lado. Acredita de verdade que o olhar assustado de uma menina pode esconder histórias fantásticas. 

"O que acho? Você não escolhe o ofício. Ele está em você desde eras anteriores ao Big Bang ou à Criação. Vem em suas veias disfarçado de sangue e atormenta seus passos até que você se sente diante de uma tela em branco (ou um papel em uma velha máquina de escrever, se preferir desse modo) e despeje mundos e gentes aos tropeções, até que isso faça algum sentido. Às vezes precisamos caminhar centenas de páginas para encontrar esse sentido... "







Sinopse 


Alice é apenas uma garotinha assustada, resgatada dos escombros de um deslizamento na estrada, no meio de uma tempestade feroz e destruidora. Pedro também foi arrastado com ela e esteve à beira de desistir (de escorregar, o locutor de fala arrastada repetia dentro de sua cabeça), mas aquele estranho sonho em que via a menina com seus grandes olhos azuis assustados... aquilo o fez voltar a si. Precisava tirá-la de lá!   Vagando em direção à cidade, eles testemunham a destruição e a dor dos sobreviventes da catástrofe. Desabrigados, feridos, enfermos, mortos... E em meio ao caos surge o rumor de que Alice talvez... talvez tenha curado uma pessoa quando a tocou. Poderia ser possível? Num mundo real, palpável e cruel... poderia ser possível?  Pedro insiste que não, mas talvez esteja apenas tentando protegê-la, porque a cada instante parece mais evidente que a verdade... Pedro sabe a verdade. Mas não pode contá-la. Não agora. Porque ele sabe do que as pessoas são capazes para conseguir o que querem.

alice em silêncio jefferson sarmento

Resenha 

Fazer uma resenha de "Alice em silêncio" para mim é de grande responsabilidade. Jefferson Sarmento além de parceiro aqui do blog (me presenteou com esse exemplar) também é um grande amigo que tenho muito afeto.  Eis aqui o grande problema, ser extremamente imparcial em falar do seu livro sem que eu deixe a nossa amizade influenciar. Mas eu prometo para vocês que essa resenha será a mais honesta que já fiz na vida. 

Quando Jefferson escreveu a dedicatória "Espero que se surpreenda com Alice como aconteceu com os melhores livros da sua vida" eu lembro perfeitamente de ter lido e dado um risinho pra ele dizendo "Você não está sendo convencido" , e eu acreditava fielmente nisso. Sabia que ele era um ótimo escritor mas "como aconteceu com os melhores livros da minha vida" isso já foi de mais.  E Jefferson, hoje eu lhe digo, com toda honestidade humana possível... EU ME SURPREENDI, COMO NOS MELHORES LIVROS DA MINHA VIDA e como eu digo sempre e você ri  "Estou impactada".  E digo mais... Espero que essa resenha te surpreenda como aconteceu com as melhores resenhas da sua vida...

Então vamos ao que realmente interessa, o livro começa de uma maneira completamente envolvente, já nas "Notas de agradecimentos e outras tempestades" Jefferson deixa pra gente um pouco de como se inspirou em seu livro. Curiosamente leio todos os prefácios e agradecimentos, porém sei que a maioria dos leitores pulam essa parte sem pena. Em Alice eu recomendo que faça ao contrário, ler as notas iniciais te dará uma visão maravilhosa sobre a obra, afinal quem nunca quis saber de onde veio a ideia de um autor em escrever seu livro?  Dando spoiler para vocês mas que acho de extrema relevância o livro foi inspirado em uma tempestade, uma das maiores por sinal que desaguou no final de 2002 na costa verde do litoral sulfluminense, lembro perfeitamente deste caso e acho que esse foi um dos fatores que trouxe Alice e toda sua trama para a minha realidade e saber disso me fez durante todo o livro pensar que em alguns momentos as coisas poderiam realmente ter acontecido daquela maneira, o que trouxe uma certa veracidade a história ou não...

A história então se inicia nesse cenário, enquanto Pedro o personagem principal foge de seu passado em uma noite de réveillon, uma tempestade monstruosa deságua sobre toda a costa, causando vários desabamentos. O carro de Pedro é arrastado e enquanto tenta se salvar naquela noite medonha o mesmo encontra uma menina de quatro anos de idade, com grandes olhos azuis e cabelos louros presa em um furgão que também foi retirado da estrada.   Ele consegue salva-la e então começa sua jornada em busca de sair daquele local com aquela garotinha que ele nem conhecia, mas que de alguma maneira sentia que seu nome era Alice, em busca de autoridade para que encontrasse a família dela e entre todos esse objetivos coisas fantásticas começam a acontecer...

"No fim das contas, não fui eu quem a protegi. Foi ela. Ela foi meu escudo."

O livro de Jefferson vai muito além de pura ficção, em vários trechos ele consegue captar a essência humana, passando mensagens em meio as narrativas de como o ser humano se comporta em certas circunstâncias. Ele consegue em alguns capítulos nos lembrar de como o homem (vulgo espécie) pode ser desonesto, hipócrita, falho.  Inclusive deixo aqui mais um spoiler, Pedro o personagem principal também teve diversas falhas e foi por vezes manipulador. Acredito que mais um fato interessante, humano. Quem de nós nunca falhamos? O que realmente define-se ser bom?  Até onde as pequenas falhas são aceitáveis?



" Quando eles perguntaram de Patrícia, Aldo disse que havia mandado embora, porque estava fora de si. Uma mentira que a protegia por um tempo - principalmente levando-se em conta que a dedicada esposa do morto parecia têlo esquecido. Não completamente e talvez a palavra correta não seja essa: ela havia apagado os sentimentos por ele. Sabia que o tivera mas ele não estava mais ali." Pag.162



Finalizei o livro com um sentimento de necessidade, de necessidade de que a história não tivesse acabado. Existe uma teoria que diz que os melhores livros são aqueles que ao final você se sente insatisfeito e que a insatisfação nem sempre é negativa, é insatisfação por sentir que você precisava de mais, de mais história pra ler, de continuação. Não que o livro tenha sido mal acabado, pelo contrário o final foi espetacular, surpreendente e preencheu toda a minha necessidade falha de vingança. Mas ainda fiquei com vontade de que os personagens continuasse a "existir"na minha vida. O trecho que transcrevi acima foi umas das parte que mais me emocionou antes do desfecho. Quantas vezes não senti a necessidade de apagar cada sentimento, cada dor por menor que fosse em mim, e ler um livro em que alguém fosse capaz de fazer isso como mágica foi muito libertador. Eis aqui minha fraqueza e vazio por não acreditar em algo superior que fosse capaz de me fazer isso.


Espero sinceramente que tenham gostado da resenha e que vocês possam ter o prazer de ler essa obra. Deixe aqui nos comentários o que achou, se tiver alguma dúvida deixe perguntas também que farei questão de responder. Um beijo e até a próxima.



Avaliação:      








7 de jan de 2017

Minha transição capilar + Sombré + Produtos

Olá meus amores, quero compartilhar com vocês a metamorfose ambulante que vem sido meu cabelo nesses últimos onze meses.  Sim! Eu aderi a transição capilar com muito orgulho, parei definitivamente com escova progressiva e estou querendo conhecer a verdadeira textura do meu cabelo. 

Na foto abaixo vocês podem ver como meu cabelo estava grande, fui cortando pra facilitar a mudança mas não vou negar não, está sendo bem difícil, primeiro porque a raiz não estava ajudando, depois porque cabelo curto não é exatamente o que gosto. Mas estou levando firme e forte.  


Transição capilar

Uma das coisas que me ajudou bastante a gostar mais da minha aparência de cabelo curto e cacheado foi o Sombré que a profissional maravilhosa Lili Santana fez no sábado de natal. Quem for de Paracambi recomendo o trabalho dela com coloração. Para quem não sabe Sombré é uma técnica de luzes feita com alumínio. Sem dúvida ele vai me ajudar mesmo a seguir com essa mudança. 

Transição capilar


Os produtos que estou usando na transição são esses abaixo, todos compatível com a Técnica Low Poo  que é uma técnica que evita alguns produtos que agridem o cabelo e formam uma máscara não deixando a textura original sobressair. Não sou uma especialista mas estou aprendendo bastante e recomendo pois já vi diferença nos meus cachinhos. 

Transição capilar


Vou até o final do mês acrescentar alguns itens também como óleo de coco para hidratar, óleo de uva que usei no salão e amei.  Uma dica importante para você que pretende fazer a transição capilar, ou que já esteja fazendo é tenha paciência, demora bastante, mas no final vale a pena. Ainda estou em processo mas já estou numa alegria total por me ver livre da progressiva de dois em dois meses. Mas não se engane, o cabelo cacheado também dá muito trabalho. Em breve conto pra vocês como estou fazendo para pentear e pra ele ficar o mais definido possível mesmo ainda tendo uns centímetros de escova. 

Se tiver dicas deixe aqui para mim nos comentários. Vou adorar aprender mais, se passou também pela transição me conte como está endo. Um beijo até a próxima. 








4 de jan de 2017

Como manter o foco em juntar dinheiro

2017 acabou de começar e eu tenho certeza que dentro da sua lista de desejos para esse ano  está economizar dinheiro para conquistar algum objetivo maior. Seja uma viajem, um carro novo, uma casa ou até mesmo um celular ou algo menor que você ainda não teve condições de comprar.  A internet está cheia de dicas de como economizar aqui, ali, mas a maior necessidade disso tudo pouco se fala, como manter o foco.



Em um mundo extremamente comercial capitalista é muito difícil guardar dinheiro, ainda mais se você for consumista que nem eu. Venho muitos anos tentando, mas de fato só consegui essa proeza no final de 2016. A dica antes de mais nada é eliminar todas as suas dívidas, esse é o primeiro e grande passo, para depois sim começar a juntar. Mas isso acredito que você também já deva saber. Então venho trazer pra você as coisas que realmente evoluíram o meu foco...

Estude

Isso mesmo, estudar sobre inteligência financeira é o primeiro passo para conquistar uma. Quando comecei a pensar mais no dinheiro e a estudá-lo comecei a perceber que a minha vida inteira eu gastei sem critérios. Então leia sobre o assunto. Indico para começar "Pai rico, pai pobre" do autor Robert Kiyosak esse livro me ajudou muito a perceber as coisas de maneira diferente. Você consegue fazer download dele aqui gratuitamente.

A parábola do sorvete

Essa de fato foi uma coisa que mudou completamente minha maneira de olhar meu dinheiro. Não me recordo ao certo onde encontrei essa parábola, mas transcrevo aqui da maneira que lembro, então acho que já irá ajudar:

"Uma criança quando vai a sorveteria pede a mãe duas bolas de sorvete em uma casquinha, mesmo a mãe sabendo que ela ainda não tem habilidade e coordenação  faz a vontade do filho. Alguns minutos depois o que era um sorvete vai parar todo no chão. Seria muito mais proveitoso para essa criança ter pedido uma única bola, ela saberia administrar a situação e não teria ao final ficado sem sorvete. Onde isso se aplica financeiramente? Reclamamos sempre que nossos ativos (Salário + ganhos extras) não dão conta e nunca sobram, que precisamos de mais e mais. Quando temos mais também não sabemos administrar. 
"Saiba administrar o pouco que tem e terá mais". 




Eis aqui um grande ensinamento "Saiba administrar o pouco que tem e terá mais".  Quando você sabe administrar o que tem terá mais no futuro por dois motivos, o primeiro é pelo fato de você saber juntar, o segundo é quanto mais sabemos cuidar do nosso dinheiro mais oportunidades aparecem para que você faça dele um ativo (dinheiro gerando dinheiro) e consequentemente terá mais. Essa parábola ficou na minha mente durante muito tempo e hoje está anotado na minha agenda na primeira página. Ela startou o que faltava em mim. 


Descreva detalhadamente seus objetivos

Quantas vezes na vida você já ouviu isso e ignorou?  Quando retiramos algo da mente e passamos para o papel ele automaticamente se torna mais real e fazendo isso aproveite para detalhar (com os pés no chão) como fará para chegar no seu objetivo. Quando juntará por mês, que tipo de serviço irá fazer por fora para complementar a renda, que tipo de investimento, não estou falando aqueles mirabolantes de banco, sim criar maneiras do seu dinheiro gerar mais dinheiro, comprando e revendendo coisas, investindo em alguma coisa que lhe trague um retorno mesmo que pequeno. Listar isso tudo lhe trará clareza, lhe mostrará que é possível sim realizar esse desejo se você montar seu plano de ação detalhadamente e segui-lo  a risca. 


Não deixe a ansiedade te atrapalhar

Muito comum a gente ficar ansioso para chegar no nosso objetivo, afinal queremos muito aquilo, mas lembre-se que por mais clichê que pareça, o processo é mais importante que o resultado. Se você aprender efetivamente a ter inteligência financeira para conquistar algo, você terá ela eternamente. É comum você ter alguns deslizes de início, então recomece, refaça suas estratégia, remonte seu plano de ação e não desiste. Permaneça-se firme e curta o aprendizado, lembre da frase: "Saiba administrar o pouco que tem e terá mais".


Pague a si mesmo primeiro

Depois que todas as suas dívidas estiverem extintas, crie o hábito de pagar a si mesmo antes de qualquer coisa. Como assim Daiana? "Ricos gastam o que sobra, pobres guardam o que sobra e quando sobra".  Percebe a sutil diferença nessa frase? Antes de mais nada de gastar com qualquer coisa guarde a sua reserva e deixe-a imaculada. Depois gaste com sabedoria o que sobrar. Esse simples hábito te ensinará a viver com menos do que ganha, porque se formos esperar sobrar pra guardar, nunca sobrará, vai por mim. 


Dicas bônus

Deixo aqui como extra duas dicas bacanas e simples que pode facilitar a sua vida.:

- Existe um App, para Smartphone chamado "Guia de bolso" ele vai te ajudar a organizar todas as suas economias. Estou usando e achando maravilhoso. 

- Faça uma previdência privada com o gerente do seu banco, a previdência não é utilizada apenas para aposentadoria, hoje ela tem em um período de doze meses um rendimento duas vezes maior do que o da poupança. Se você acha que não terá disciplina para guardar ela é a melhor opção. Primeiro que o depósito dela é programado retirando da sua conta o valor, segundo que existe uma carência de 60 dias para fazer qualquer resgate, te obrigando assim a não gastar. Depois dos 60 dias você pode fazer resgate, mas o prazo para o valor cair na sua conta é de até cinco dias úteis, o que te impedirá de gastar a sua reserva na impulsividade. A previdência não é o investimento de maior rendimento no mercado mas para você que está começando a entender, acho uma ótima opção. 



Espero mesmo que tenham gostado desse post e que ele possa te ajudar a ter um 2017 com uma vida financeira mais organizada e que ao final do ano você consiga conquistar seus objetivos mas acima de qualquer coisa aprender a lidar com o seu próprio dinheiro de maneira sábia. Se gostou desse post deixe seu comentário, se ficou com alguma dúvida também pode falar aí que respondo com maior prazer. Um grande beijo e um ano espetacular.












Image Map